Principal
 

Fraudes e desperdícios custaram R$ 27,8 bi à saúde suplementar

13/9/2018

Estudo do IESS aponta que práticas abusivas são facilitadas pela pouca transparência e falta de indicadores de qualidade

Estudo "Impacto das fraudes e desperdícios sobre gastos da Saúde Suplementar", realizado pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) aponta que em 2017, as operadoras de saúde pagaram o montante de R$ 27,8 bilhões com despesas hospitalares e pedidos de exame cobrados por meio de fraudes e procedimentos desnecessários.

O valor equivale a 19% do total das despesas assistenciais, que no ano passado chegaram a R$ 145,4 bilhões.

De acordo com o superintendente executivo do IESS, Luiz Carneiro, as práticas abusivas são facilitadas pela pouca transparência entre os agentes do setor da saúde e a falta de indicadores de qualidade. Segundo ele, a ANS deveria regular não só as operadoras, mas também todos os agentes envolvidos na cadeia de valor que prestam serviço para o setor, com as indústria farmacêutica e de equipamentos médicos.

Fonte: Escrito ou enviado por CNseg SEGS.com.br

Empresa  
Rede Social
Compacta Saúde Planos de Saúde Bh. Golden Cross, Unimed, Só Saúde, Amil Saúde. Ligue agora mesmo e fale com um de nossos atendentes.
Rua São Paulo, 409 - 21º andar
Centro de Belo Horizonte . MG
Cep: 30170-130
Telefone: (31)3271-5766
 
Compacta Intermediações Ltda. 1994 - 2019® - Todos os direitos reservados - www.compactasaude.com Home | Mapa do Site | Fale Conosco | Trabalhe Conosco | Equipe | Notícias |